English

TítuloAgroindústria canavieira: uma análise sobre o uso da água na produção sucroalcooleira
AutorBruno Alves Pereira, Bruno Alves Pereira , 1983
InstituiçãoInstituições estrangeiras
InstituiçãoUniversity of York
InstituiçãoUniversidade de Brasília
GéneroTese de Mestrado
LínguaPortuguês
Data14 / 3 / 2009
ResumoA relação entre água e cana-de-açúcar é um assunto bastante comentado, mas sobre o qual existem poucos ensaios teóricos. Para tentar contribuir com a reduzida literatura existente, este trabalho apresenta uma série de quatro estudos em forma de artigos. O primeiro é uma pesquisa sobre o início da atividade canavieira no Brasil e sua dependência em relação aos recursos hídricos, pois, sem água, a planta não poderia viver, nem as engrenagens dos engenhos reais, primeiras unidades de fabricação de açúcar no País, movidas à força hidráulica, poderiam funcionar. O segundo relata os efeitos das mudanças no sistema de produção industrial de derivados da cana-de-açúcar às margens dos rios onde foram instaladas as primeiras usinas, que acompanharam as tendências da Revolução Industrial. O terceiro analisa as transformações técnicas ocorridas na parte agrícola da agroindústria canavieira, em decorrência do processo de industrialização da agricultura, e seus impactos sobre os corpos de água. O quarto discute os problemas relacionados à disponibilidade hídrica e ao uso da água pela agroindústria canavieira em São Paulo, atualmente o maior Estado produtor de cana-de-açúcar e derivados do País. O objetivo do trabalho é estudar a maneira como os recursos hídricos vêm sendo usados pela agroindústria canavieira ao longo dos anos e avaliar a qualidade da relação entre a água e a cana-de-açúcar. A conclusão do estudo indica que a água vem sendo utilizada de maneira descuidada pelo setor, sendo consumida em excesso nas etapas dos processos industriais e contaminada por fontes pontuais de lançamento de efluentes e não pontuais de insumos agrícolas.
Cópia Local CompletaA relação entre água e cana-de-açúcar é um assunto bastante comentado, mas sobre o qual existem poucos ensaios teóricos. Para tentar contribuir com a reduzida literatura existente, este trabalho apresenta uma série de quatro estudos em forma de artigos. O primeiro é uma pesquisa sobre o início da atividade canavieira no Brasil e sua dependência em relação aos recursos hídricos, pois, sem água, a planta não poderia viver, nem as engrenagens dos engenhos reais, primeiras unidades de fabricação de açúcar no País, movidas à força hidráulica, poderiam funcionar. O segundo relata os efeitos das mudanças no sistema de produção industrial de derivados da cana-de-açúcar às margens dos rios onde foram instaladas as primeiras usinas, que acompanharam as tendências da Revolução Industrial. O terceiro analisa as transformações técnicas ocorridas na parte agrícola da agroindústria canavieira, em decorrência do processo de industrialização da agricultura, e seus impactos sobre os corpos de água. O quarto discute os problemas relacionados à disponibilidade hídrica e ao uso da água pela agroindústria canavieira em São Paulo, atualmente o maior Estado produtor de cana-de-açúcar e derivados do País. O objetivo do trabalho é estudar a maneira como os recursos hídricos vêm sendo usados pela agroindústria canavieira ao longo dos anos e avaliar a qualidade da relação entre a água e a cana-de-açúcar. A conclusão do estudo indica que a água vem sendo utilizada de maneira descuidada pelo setor, sendo consumida em excesso nas etapas dos processos industriais e contaminada por fontes pontuais de lançamento de efluentes e não pontuais de insumos agrícolas.
Ficheiros:
Dissertação - Integrada.pdf (2155 KB) -

Metadados
FicheiroTipoDataModoName Space
oai_dc.xmlDescritivoGeradohttp://www.openarchives.org/OAI/2.0/oai_dc/
tel.xmlDescritivoGeradohttp://krait.kb.nl/coop/tel/handbook/telterms.html
marc.xmlDescritivoGeradohttp://www.bn.pt/standards/metadata/marcxml/1.0/
deptalv1.xmlDescritivoGeradohttp://deptal.bn.pt/xsd/deptal/1.0/
iso2709.isoDescritivoGeradoiso2709
mets.xmlEstruturalGeradohttp://www.loc.gov/METS/

Identificador DiTeD31638
Data de Registo
Validado pela AdministraçãoNão
Data da Última Modificação
printImprimirEnglish